Apiários Lambertucci | Página 3 de 17 | Naturalmente o Melhor!Apiários Lambertucci | Naturalmente o Melhor! | Página 3

501-2018

Conheca-a-vida-e-a-funcao-do-zangao-em-uma-colmeia

Os únicos machos de uma colmeia, os zangões são os responsáveis pela fecundação da abelha rainha durante o voo nupcial, que os atraem pelo seu feromônio sexual.

Diferente das abelhas operárias, os zangões são maiores e mais fortes, porém não possuem órgãos para trabalho e nem ferrão – ou seja, se um dia você for ferrado por uma abelha, certamente não terá sido por um zangão.

Suas asas são maiores e sua musculatura para voo é bem mais desenvolvida, além de olhos compostos e antenas com maior capacidade olfativa. Tudo isso ajuda o zangão a ter maior orientação, percepção e rapidez para a localização de rainhas virgens.

Talvez agora você esteja se perguntando: mas como eles nascem?

O zangão nasce de ovos não fecundados, por um fenômeno natural conhecido como partenogênese (desenvolvimento de um ser vivo a partir de óvulo não fecundado), nascendo assim 24 dias após a postura do ovo e as larvas geradas a partir desse processo são criadas em alvéolos maiores que os alvéolos das larvas de operárias.

Este tipo de abelha atinge a maturidade sexual aos 12 dias de vida e vivem aproximadamente de 80 a 90 dias, dependendo única e exclusivamente das abelhas operárias para sobrevivência.

Os machos da colmeia morrem quando fazem a cópula com a rainha, ou quando são expulsos da colmeia devido à escassez de alimento.

Curiosidade: Em cada colmeia vivem aproximadamente 400 zangões.

Agora você conhece a única abelha responsável pela existência de outras abelhas. Legal, né?

Continue Lendo Categoria: Você Sabia?

3011-2017

como-as-abelhas-se-comunicam

Descubra como as Abelhas se Comunicam

As abelhas se comunicam através de toques, movimentos, sons e cheiros. Por exemplo, quando uma abelha quer informar às suas companheiras de colmeia sobre uma fonte rica em néctar ou pólen encontrada nas proximidades da colmeia, ela inicia uma dança circular.Esse tipo de dança indica que a fonte de alimento encontra-se próxima, a menos de 100 metros da colmeia, mas não indica qual direção a tomar. No entanto, o cheiro específico do pólen grudado no corpo da abelha que dançou para suas companheiras as informa sobre a planta visitada.Já quando a fonte de alimento encontra-se a mais de 100 metros de distância da colmeia, as abelhas utilizam-se de outro tipo de dança, a “dança do requebrado”. Isso mesmo, a abelha requebra para informar a direção e a distância entre a colmeia e a fonte de alimento.
A distância é ensinada pela abelha dançarina através do número de vibrações (requebrados) realizadas e pela intensidade do som emitido durante a dança.

Quanto menor a distância entre a colmeia e a fonte, maior o numero de vibrações. A direção é informada pela relação da posição da dançarina com a posição do sol.

Interessante né?

 
Continue Lendo Categoria: Você Sabia?

2811-2017

abelha
Uma pesquisa recente descobriu que além do cheiro, as flores emitem uma luz de cor azul, não visível do olho humano, para atrair os insetos polinizadores.

Continue Lendo Categoria: Receitas e Dicas

2811-2017

No dia 10/11/17, a Lambertucci foi até o colégio Sesi de Rio Claro-SP falar sobre a importância do Mel e produtos apícolas para alunos do 3° ano do Fundamental I, e também sobre a conscientização e preservação da natureza.  

01 02 03 04 05

Continue Lendo Categoria: Feiras e Eventos

2811-2017

Em 01/11/2017, a Lambertucci teve o prazer em receber em sua fábrica, a visita dos alunos da EMEB Prof. Luiz Garavello de Guariba, da cidade de Guariba-SP. Os alunos desta escola fazem parte do “Projeto Agronegócio na Escola”, desenvolvido em parceria com a ABAG-RP (Associação Brasileira do Agronegócio da Região de Ribeirão Preto) e o tema deste ano foi “Empreendedorismo, Agronegócio e Mel”. Durante a visita, os alunos tiveram a oportunidade de conhecer o processo produtivo do mel e sua importância para a saúde.

05 04 03 02 01

Continue Lendo Categoria: Feiras e Eventos

1010-2017

mel-com-canela-para-a-pele

Que o Mel é poderoso demais para a pele, nós sabemos. Mas você conhece essa mistura incrível de mel com canela? Então fica de olho nessa máscara para a pele.

Essa máscara leva apenas mel e canela e sua aplicação é muito simples, sem nenhum passo mais complicado.

O mel é um ingrediente famoso para o tratamento da pele, pois ele contém substâncias cicatrizantes e bactericidas, que ajudam a tratar as lesões e a impedir a proliferação das bactérias. De quebra, ele ainda regula a produção de óleo e deixa a pele mais hidratada.

Além disso, por conter substâncias antioxidantes, o mel ajuda a prevenir e a suavizar as manchas no rosto, combatendo também o envelhecimento causado pelos radicais livres. Assim, esse ingrediente contribui para retardar o aparecimento das linhas de expressão e da flacidez.

A canela, por sua vez, é um excelente ingrediente para aumentar o poder de combate às espinhas, pois ela tem propriedades antimicrobianas. Além disso, ela também atua como um agente esfoliante, que ajuda a remover as células mortas durante a aplicação da máscara.

Assim como o mel, a canela também contém substâncias antioxidantes, que neutralizam os efeitos dos radicais livres. Uma dessas substâncias é o manganês, fundamental para o bom funcionamento de algumas enzimas envolvidas nesse processo.

Vamos lá, abaixo o passo a passo de como preparar essa receita para a pele:

1. Misture 1 colher de sopa de canela em pó e 3 colheres de sopa de mel em um recipiente.
2. Após lavar o rosto com seu sabonete de preferência, aplique a máscara na pele com a ajuda de um pincel.
3. Depois de aplicar, aguarde de 15 a 20 minutos e enxágue com água.

Prontinho! Sua pele estará hidratada e incrivelmente brilhante! :D

Fonte: https://www.dicasdemulher.com.br/mascara-mel-canela-espinhas/

Continue Lendo Categoria: Receitas e Dicas

2809-2017

propolis-faz-bem-para-a-saude

Pesquisas já comprovaram que a Própolis produzida pelas abelhas ajuda o sistema imunológico humano e pode ir muito além disso.

A Própolis é um antsséptico incrível: fesde do Egito antigo, a Própolis é utilizada como antisséptico, no tratamento de feridas e inclusive na conservação dos corpos.
O famoso ritual de mumificação, aliás, guarda semelhanças com o que é praticado ainda hoje pelos enxames. “Se não é possível remover uma abelha morta de dentro da colmeia, as outras a embalsamam para preservar a saúde de todas”, revela o biólogo e imunologista José Maurício Sforcin, professor da Universidade Estadual Paulista (Unesp), em Botucatu, no interior de São Paulo.

A Própolis combate bactérias: se você já usou própolis alguma vez na vida (seja via spray, seja por gotinhas diluídas em água), é bem provável que tenha sido para aliviar alguma dor ou infecção na garganta. E tem fundamento. Estudos clássicos da década de 1990 mostraram que a substância combate bactérias responsáveis por doenças nas vias respiratórias. Até as bactérias do estômago saem perdendo.

Ótima contra a cárie: o poder antimicrobiano dessa resina brilha também contra a cárie dental. Em alguns trabalhos, ela inclusive superou estratégias convencionais para coibir a reincidência da bactéria. “A própolis controla o micro-organismo inibindo os chamados fatores de virulência, isto é, os polissacarídeos, que colam a placa bacteriana, e os ácidos, que desmineralizam o dente”, explica o farmacêutico Pedro Luiz Rosalen, professor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Excelente para a pele: em estudo realizado com pessoas internadas na Unidade de Queimados do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto, no interior paulista, um gel à base da resina se mostrou bastante proveitoso para a recuperação da pele.

Ação antioxidante: os compostos fenólicos presentes na resina, em especial os flavonoides, merecem destaque no papel de prevenção e combate a inflamações e infecções. Isso porque anulam radicais livres, moléculas que, em excesso, fragilizam o organismo.

Incrível né?!

Continue Lendo Categoria: Você Sabia?

2209-2017


Casa Aberta Colégio Puríssimo

No dia 16/09/17 o Colégio Puríssimo de Rio Claro realizou uma casa aberta para visitação dos espaços educacionais e exposição de trabalhos e experimentos. Dentre os diversos temas salientou a importância das abelhas para o meio ambiente.

Parabéns a Professora Renata Carita e a todos os demais envolvidos nesta ação. Foi simplesmente incrível!

casa-aberta-colegio-purissimo-apiarios-lambertucci-6
casa-aberta-colegio-purissimo-apiarios-lambertucci-5 casa-aberta-colegio-purissimo-apiarios-lambertucci-4 casa-aberta-colegio-purissimo-apiarios-lambertucci-3 casa-aberta-colegio-purissimo-apiarios-lambertucci-2 casa-aberta-colegio-purissimo-apiarios-lambertucci-1 casa-aberta-colegio-purissimo-apiarios-lambertucci

Continue Lendo Categoria: Feiras e Eventos

1809-2017

extincao-das-abelhas

Algumas espécies de abelhas entraram em 2016 para a lista de espécies em extinção. Mas o que tem causado a extinção das abelhas?

As populações de abelhas têm sofrido particularmente na Europa e América do Norte, por um fenômeno conhecido como “desordem de colapso das colônias”, em que abelhas operárias desaparecem abruptamente das colmeias.

Além disso, há outras razões que explicam a redução da diversidade de abelhas, como perda de habitat natural, mudanças climáticas e más práticas agrícolas.

“Aqui (na Colômbia) usamos muito pesticida por receio de perder a colheita. Mas os agrotóxicos não distinguem se os insetos são nocivos ou não”, explica Rodulfo Ospina-Torres, pesquisador do laboratório de abelhas silvestres da Universidade Nacional de Bogotá.

Especialmente na América Latina, onde o setor de apicultura é menos desenvolvido do que nos Estados Unidos ou na Europa, as abelhas selvagens desempenham um papel crucial para assegurar boas colheitas.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/ambiente/2017/06/1891807-a-catastrofe-do-desaparecimento-das-abelhas-e-o-que-voce-pode-fazer.shtml

Continue Lendo Categoria: Você Sabia?

709-2017

por-que-as-abelhas-produzem-a-propolisA Própolis é muito utilizada pelo ser humano como sendo um santo remédio contra diversas doenças. Mas afinal, por que as Abelhas produzem a Própolis? Continue lendo esse artigo e vamos te contar qual a função da Própolis na colmeia.

Na rotina agitada de uma colmeia, a saúde é uma das prioridades do grupo. Por isso, as abelhas gastam boa parte da sua energia coletando resinas na vegetação ao redor para produzir um poderoso remédio, a própolis.

Com a Própolis, as operárias vedam todas as frestas da colmeia para aproveitar o melhor de suas propriedades físicas e biológicas. A própolis isola o ambiente interno a fim de manter a temperatura ideal, impedir a entrada de vento e chuva e blindar a área contra bactérias, vírus e fungos capazes de colocar em risco a vida dos insetos.

Simplesmente incrível.

Continue Lendo Categoria: Você Sabia?