Descubra se as Abelhas sentem emoções | Apiários LambertucciApiários Lambertucci

806-2017

Descubra se as Abelhas sentem emoções

as-abelhas-sentem-emocoes

As Abelhas sentem emoções? Continue lendo esse artigo baseado em uma pesquisa científica e descubra.

Charles Darwin uma vez escreveu em um dos seus livros que insetos “expressam raiva, terror, ciúmes e amor”. Isso foi em 1872. Agora, muito tempo depois, pesquisadores descobriram mais evidências de que Darwin talvez pudesse estar na pista certa.

Abelhas parecem ter um “estado emocional positivo”, de acordo com um estudo publicado na revista científica Science. Em outras palavras, elas talvez experimentem algo semelhante à felicidade.

Pesquisadores realizam estudos para procurar por evidências de que insetos possuam, de fato, os elementos essenciais cognitivos, comportamentais e psicológicos que, quando combinados, criam um fenômeno complexo como a emoção.

O biólogo Clint Perry, da Queen Mary Universidade de Londres e seus colegas treinaram abelhas para que distinguissem uma flor azul colocada do lado esquerdo de outra verde, posta no lado direito. Quando as abelhas exploraram a flor azul, encontraram uma solução com 30% de açúcar. Mas quando exploraram a verde, encontraram apenas água. Eventualmente, as abelhas aprenderam a associar a flor azul com uma recompensa doce.

Os pesquisadores então testaram as abelhas usando flores com cores ambíguas e locais intermediários. Metade dos insetos recebeu uma solução com 60% de açúcar antes do teste. Essa parcela voou mais rápido em direção a flor ambígua verde e azul. O restante das abelhas, que não recebeu a solução, voou mais devagar.

A suposição de que um estímulo ambíguo contém uma recompensa, apesar da falta de evidência, se chama viés otimista. O experimento de Perry sugere que um pouco de açúcar fez as abelhas entrarem num estado emocional positivo, fazendo com que se sentissem mais otimistas quanto às possibilidades de que a flor contivesse a recompensa.

Em outro teste, envolvendo a simulação de um ataque de predador, as abelhas alimentadas com a solução açucarada mostraram o mesmo viés otimista.

Segundo Perry, isso não significa que abelhas possuam sentimentos, mas que elas são capazes de sentir emoções involuntárias: “Nós não mostramos que elas se sentem felizes,” ele diz.

A evidência mostrou que abelhas possuem mecanismos cognitivos, psicológicos e comportamentais que baseiam as emoções.

Fonte: http://www2.uol.com.br/sciam/noticias/abelhas_tem_emocoes__sim_.html